quinta-feira, 30 de agosto de 2012


Olha quem resolveu aparecer no mundo virtual quase particular

 

 

Há muito tempo não escrevo.

Mas daí um comentário na aula de lógica na sexta feira da semana passada me fez sentir pressionada. Aqui estou.

Não que eu não tenha escrito nos últimos tempos. O que eu mais ando fazendo da minha vida é escrever. Nem que essas coisas que eu escrevo sejam orientações didáticas para professores.

Talvez o motivo do meu silêncio seja por não ter o que dizer. Não que minha vida esteja sem acontecimentos. Muito pelo contrário, muita coisa aconteceu.

·         Dentre as mais emocionantes foi a Camila ter voltado para o Brasil (literalmente);

·         Tiramos outra foto sentados na escada (mais de 20 anos depois);

·         Oficialmente meu coração tem dono <3;

·         Oficialmente saí da casa da minha mãe;

·         Oficialmente mudei de emprego;

·         Fiz novos amigos, perdi antigos amigos. E continuam existindo os que sempre permanecem;

·         Minha cabeça as vezes dói.

·         Descobri que o corretor do word é uma porcaria (como eu nunca soube disso antes?);

·         Enfim parece que vou me formar.

 

Logo mais, outras noticias aos meus 24 anos.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Retrospectiva

Em 2010 eu...
  • Me apaixonei;
  • Me despaixonei;
  • Me apaixonei de novo;
  • Passei em tudo que me propus a estudar;
  • Fiz novos amigos;
  • Quis morrer e matar;
  • Saí de casa;
  • Contei verdades;
  • Me afastei de amigos;
  • Perdi alguém;
  • Recuperei coisas;
  • Fiz escolhas importantes;
  • Apreciei o nascer e o pôr do sol;
  • ...

Vermelho vermelho

Não consegui definir a cor daquele vermelho.
Ta dificil escrever.
São muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo.
Gosto do silêncio.
Da solidão.
Ouvir Alceu Valença me faz bem.
Tem coisas que acontecem que não gosto, mas são coisas fora do meu controle.
Sinto o gosto amargo da planta que consumo.
Acho que é hora da Retrospectiva...

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Abraçar o infinito

Dificil escrever hoje, dificil escrever nos ultimos tempos.
Sempre que penso em escrever estou muito cansada para tal.
Muitas coisas aconteceram desde o post do amigo secreto.
Mas não quero falar.
Não houve nenhuma tragédia, mas aconteceram coisas irreversiveis (mas possíveis de conviver).
Sinto muita saudade. Os olhos, o sorriso, a voz, o cheiro.
Tudo!!!
Queria saber por que a vida é assim.
Das pessoas que não me abandonam.
Saudade.

sábado, 1 de janeiro de 2011

E ele chegou

Não sei dizer o que eu sinto nesse momento.
Acho que indiferença. E isso não é bom. É sinal de que não me importo.
Sobre outras coisas não sei também o que sinto.
Estou estática no primeiro dia do ano que hoje começa.
Tenho saudades das partes de mim. Cada pedaço de mim que está espalhado pelo mundo.
A gente se preocupa com os amigo. A gente se preocupa mais com os amigos do que com nós mesmo.
Eu me preocupo mais com meus amigos do que comigo mesma. Mas não quero falar sobre isso.
As coisas acontecem do jeito que devem acontecer.
Sombras, luzes, cores, sons...
Meu refrigerador não funciona.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Sobre o amigo secreto

Há muito tempo queria escrever aqui sobre o amigo secreto dos amigos do parquinho.

Tem muitas coisas que eu gostaria de dizer para as pessoas que participaram do amigo secreto, mas sei que não devo-o fazer.

Mas foi algo assim que aconteceu: Cats tirou a Nadus que tirou a Gi que tirou  que tirou o Rober que tirou o Cappucci que tirou a Cats; o Tiê que tirou o Pastor que tirou a Sheila que tirou a Sil que tirou o Rodrigo que tirou a Adriana que tirou a Paola que tirou a Dafner que tirou o Gigi que me tirou que tirei a Vivian que tirou Cataps que Tirou o Tiê e acabou a brincadeira no parque do Ibirapuera as 20:15 do dia 12 de dezembro de 2010.

E daí fomos quase todos felizes para sempre. Eu fui. Mas alguns pedaços de mim não foram.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Será que os guardas da CET tem LER?

To esperando entrar no MSN. E todos os dias dessa semana eu imaginei coisas pra escrever aqui, mas muitas vezes sem tempo.
Não sei se quero continuar escrevendo no blog.
Tem momentos que penso coisas legais para escrever aqui, não posso escrever. Quando estou na frente do pc, nem nada quero falar.
Mas dessa vez esta sendo diferente.
Aposto que vai ter várias palavras escritas erradas..
Vamos ver amanhã quando eu fizer a revisão.
Tenho que fazer o relatório final de MAT1500.
Estou decepcionada com minha nota em POEB. Que merda.
O MSN não quer entrar.
Não sei por que eu quero que ele entre,  não sei com quem eu quero falar.
Senti a porta sendo aberta agora, o que será que foi???
Esse teclado é diferente, faço um monte de coisas de uma vez.
A tecnologia é engraçada né.
Eu gosto de ler e responder emails.
Mas eu gosto de fazer isso o dia inteiro.
Falar com as pessoas.
Não gosto de falar no telefone, mas eu gosto de mandar mensagens.
Por que será que eu gosto tanto de escrever, me comunicar mas quando menos contato físico mais fácil e verdadeiro?
Todo dia eu quero ligar pro meu tio, mas quando eu lembro de fazer isso, eu não estou em estado de fazer isso mas. Tenho vergonha... ninguém pode saber de nada.


Acho que já falei demais hoje.
Hasta