sábado, 25 de dezembro de 2010

Sobre o amigo secreto

Há muito tempo queria escrever aqui sobre o amigo secreto dos amigos do parquinho.

Tem muitas coisas que eu gostaria de dizer para as pessoas que participaram do amigo secreto, mas sei que não devo-o fazer.

Mas foi algo assim que aconteceu: Cats tirou a Nadus que tirou a Gi que tirou  que tirou o Rober que tirou o Cappucci que tirou a Cats; o Tiê que tirou o Pastor que tirou a Sheila que tirou a Sil que tirou o Rodrigo que tirou a Adriana que tirou a Paola que tirou a Dafner que tirou o Gigi que me tirou que tirei a Vivian que tirou Cataps que Tirou o Tiê e acabou a brincadeira no parque do Ibirapuera as 20:15 do dia 12 de dezembro de 2010.

E daí fomos quase todos felizes para sempre. Eu fui. Mas alguns pedaços de mim não foram.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Será que os guardas da CET tem LER?

To esperando entrar no MSN. E todos os dias dessa semana eu imaginei coisas pra escrever aqui, mas muitas vezes sem tempo.
Não sei se quero continuar escrevendo no blog.
Tem momentos que penso coisas legais para escrever aqui, não posso escrever. Quando estou na frente do pc, nem nada quero falar.
Mas dessa vez esta sendo diferente.
Aposto que vai ter várias palavras escritas erradas..
Vamos ver amanhã quando eu fizer a revisão.
Tenho que fazer o relatório final de MAT1500.
Estou decepcionada com minha nota em POEB. Que merda.
O MSN não quer entrar.
Não sei por que eu quero que ele entre,  não sei com quem eu quero falar.
Senti a porta sendo aberta agora, o que será que foi???
Esse teclado é diferente, faço um monte de coisas de uma vez.
A tecnologia é engraçada né.
Eu gosto de ler e responder emails.
Mas eu gosto de fazer isso o dia inteiro.
Falar com as pessoas.
Não gosto de falar no telefone, mas eu gosto de mandar mensagens.
Por que será que eu gosto tanto de escrever, me comunicar mas quando menos contato físico mais fácil e verdadeiro?
Todo dia eu quero ligar pro meu tio, mas quando eu lembro de fazer isso, eu não estou em estado de fazer isso mas. Tenho vergonha... ninguém pode saber de nada.


Acho que já falei demais hoje.
Hasta

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Presentes de Amigo Secreto

Há um bom tempo estou ensaiando escrever sobre isso por aqui.
O que seria isso?
A minha indignação.
Eu desacredito que possa vender bebida alcoólica por ai e não possa vender maconha.
Quem dia que a maconha é a porta de entrada para conhecer outras drogas é mentira.
O álcool deixa as pessoas violentas, donas da verdade, e super heroi, e daí ela pensa ser deus.
A maconha não faz isso muito pelo contrário. Deixa as pessoas felizes e felizes pra sempre.
Daí a policia vem apreendendo toneladas de maconha, e incinera.
Ok, deixa quem gosta de fumar incinerar. Aposto que quem foi fazer isso ficou bem louco e no final de arrependeu do que fez, que devia ter dividido com os camaradas.
Tem dia que eu acordo com raiva do mundo, e dos governantes por não desenvolver politicas para isso.
Não to dizendo que as pessoas devem ficar usando todas as drogas a torto e a direito, menos ainda a erva dos deuses.
Mas partindo do principio que se tudo fosse legalizado o trafico iria falir acho melhor pensar direitinho nisso.
Gostaria muito de poder fumar a hora que eu quisesse.
Desculpa as pessoas que não sabia que eu gostava de fazer isso.
E não saia espalhando por ai.
Sem mais por hoje